• Qualidade assegurada,
    tradição renovada.

  • Vá com a sua família para o campo, e desfrute da natureza.

  • A arte de bem receber.

ITINERÁRIOS DE TURISMO EQUESTRE


Turismo equestrePortugal é detentor de características únicas para o desenvolvimento do Turismo Equestre. A existência de raças autóctones Puro-sangue Lusitano, Garrana e Sorraia, o clima ameno, a paisagem e a orografia diversificadas, o acolhimento das populações e a segurança, constituem uma dinâmica determinante para a formatação do produto e a afirmação de Portugal como um destino de excelência de Turismo Equestre.
A potenciação desta atividade contribui para a qualificação da oferta turística, nomeadamente, pela diversificação da animação turística associada à descoberta e fruição dos territórios e dos seus valores patrimoniais naturais e culturais, com efeitos na redução da sazonalidade e na dinamização das economias regionais.
O Turismo de Portugal desafiou a TURIHAB - Associação do Turismo de Habitação e o Turismo do Porto e Norte de Portugal a desenvolver o projeto piloto 'Itinerários de Turismo Equestre', com vista á definição de uma metodologia e requisitos aplicáveis ao desenvolvimento desta atividade, um guia de boas práticas para os agentes turísticos e a identificação de quatro itinerários na região do Minho Lima, com capacidade de operacionalização imediata: 'Pelas Aldeias de Portugal'; 'Do Minho ao Lima'; 'Entre as lagoas e a Serra de Arga' e 'Pelos Caminhos de Santiago'.

A região piloto Minho-Lima, no Norte de Portugal, para além dos recursos naturais e culturais da região e da sua oferta turística complementar de qualidade reconhecida, possui uma grande concentração de cavalos da raça garrana que vivem em plena liberdade no Parque Nacional Peneda-Gerês e nas Serras de Arga, Boalhosa, Corno de Bico e Armada, bem como uma grande concentração de centros equestres e instalações para a realização de importantes eventos, para além de um calendário diversificado de festividades regionais ligadas ao cavalo e profissionais competentes.
Pretende-se com o projeto, o envolvimento dos agentes turísticos na dinamização, comercialização e promoção desta oferta diferenciadora, bem como a disseminação da metodologia e boas práticas a outras regiões do país, por forma a desenvolver, de forma sustentável, a atividade de Turismo Equestre e posicionar Portugal como um destino de referência internacional.
Os documentos 'Itinerários Equestres - Metodologia de implementação - Estudo de caso Minho Lima' produzido pela TURIHAB e 'Itinerários Equestres - Guia de Boas Práticas para agentes turísticos' produzido pelo Turismo do Porto e Norte de Portugal foram validados tecnicamente pela Federação Equestre Portuguesa e podem ser consultados nos links abaixo.